OS NEFILIM

Como se foram multiplicando os homens na terra, e lhes nasceram filhas, vendo os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, tomaram para si mulheres, as quais entre todas, mais lhes agradaram. Então disse o Senhor: “O Meu Espírito não agirá para sempre no homem, pois este é carnal; e os seus dias serão cento e vinte anos.” Ora, naquele tempo havia gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram as filhas dos homens, as quais lhe deram filhos; estes foram valentes, varões de renome, na antiguidade. Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra, e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração; então se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. Disse o Senhor: Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, o homem e o animal, os répteis e as aves dos céus; porque me arrependo de os haver feito. Porém Noé achou graça diante do Senhor. Eis a história de Noé: Noé era homem justo e integro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus” (Gênesis 6. 1-9)

Por muitos anos esta passagem foi um problema de interpretação para muitos estudiosos da Bíblia. O versículo dois do texto acima diz que os “filhos de Deus” tomaram as “filhas dos homens” como mulheres. Quem são esses filhos de Deus? E quem são essas filhas dos homens?

Em primeiro lugar, na linguagem original (em que o Antigo Testamento foi escrito), o hebraico, a palavra Adão significa “homem”. Em Gênesis 5. 2, lemos: “Homens e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados”. Deus deu-lhes o nome de Adão, pois tanto Adão como Eva foram chamados de “homem”, ou Adão, que significa “raça humana”.

Aplicando esta verdade a Gn 6. 2, verificamos que os filhos de Deus viram que as “filhas de Adão” eram formosas. A nossa tradução diz que as “filhas dos homens” eram formosas, mas você pode substituir a palavra “homens” por “Adão”, concluindo que elas eram filhas (semente ou descendência) de Adão.

Mais adiante, no versículo 4, lemos “Ora, naquele tempo havia gigantes na terra”. A palavra hebraica traduzida como “gigantes” é a palavra NEFILIM (nephilim). Porém, curiosamente, na realidade esta palavra no original significa “caídos” ou “decaídos” (no plural). Se lêssemos em hebraico, verificaríamos: “Ora, naquele tempo havia “nephilim” na terra. O que significa isto? Que eles eram anjos decaídos? (Texto adaptado Pr. Jota Moura)

Os Nefilim eram realmente filhos de Anjos? Quem são esses gigantes chamados Nefilim? O que eles influenciaram na história biblica? Eles continuam influenciando?

7 comentários:

Bruno Vox

22 de outubro de 2007 09:00

Para mim isso é um grande enigma da Bíblia, a materialização dos anjos é uma coisa nova.

Éverton Vidal

6 de dezembro de 2007 13:58

Os Judeus (assim como todos os povos antigos) acreditavam numa espécie de invasao de seres do céu (para os gregos e outros povos eram deuses, para os Judeus eram anjos). Esses seres "divinos" se misturavam com os homens e o resultado eram seres híbridos (semideuses como Hércules, teseu, Aquiles, Odisseu etc, ou semi-anjos como os Nephilins).

Deus teria destruído a terra por causa de tal aberraçao.

A linguagem do texto bíblico é claramente mitológica. E para apreendermos seus ensinamentos precisamos encará-la assim e não literalmente.

Séculos depois Santo Agostinho (provavelmente)criou a interpretaçao que hoje é comum onde os filhos de Deus não são anjos, mas a descendência de Sete. No entanto para os Escritores bíblicos que citaram Genesis 6 (e o livro de Enoch que narra integralmente tal mito) os filhos de Deus eram anjos, e os filhos dos homens todos os descendentes de Adão.

Abração.
Inté!

Nelson

25 de julho de 2008 18:50

Recomendo a leitura do livro " O 12 Planeta" de Zecharias Sitching. Estes questionamentos ocorreram na infância do autor.

Nelson

25 de julho de 2008 19:31

-"A linguagem da bíblia é claramente mitológica", disse o Éverton aí em cima. Será?
http://www.acreditesequiser.net/2007/11/21/gigante-na-arabia/

Anônimo

17 de dezembro de 2008 15:42

Com a tradução das tábuas escritas pelos Sumérios, por volta de 3.000 a 4.000 AC, verificou-se que seres de um planeta chamado Nibiru povoaram a Terra deste 400.000 anos AC.
É muito interessante a leitura do livro: "O 12º Planeta" de Zecharia Sitchin, pois muitas citações da Bíblia podem ser confirmadas e esclarecidas.
O espaço aqui é muito pequeno para maiores citações.

Ricardo

24 de dezembro de 2009 19:12

Claramente sao alusoes a extraterrestres. Anjos nao existem.

Anônimo

3 de abril de 2011 15:29

Os anjos são criaturas imortais, para que então precisariam de procriação? Só os humanos foram abençoados com essa capacidade.