Dança no Ventre

Uma filha no ventre,
Uma nova mãe à espera,
Este ser que é a mãe,
Na aparência e na essencia.

Nasce chorando por sair de seu ventre,
neste mundo estranho e frio que a espera,
mas seus olhos olham os da mãe ,
um sorriso nos lábios e a sensação de aconchego.

Um pequeno poeminha meu para a Janaina que está esperando um filho(a). Parabéns pelo seu filho Janaina

3 comentários:

Nana Jana

27 de agosto de 2007 14:36

Fernando,
Obrigada por esta linda homenagem!!!
Adorei o poema!!!!
E adorei o blog tb!!!
beijos
Janaina

Éverton Vidal

6 de dezembro de 2007 13:48

Este comentário foi removido pelo autor.
Éverton Vidal

6 de dezembro de 2007 13:49

Bacana brother.. mais um poeta apcista rs.